23/02/2019

O nome

Gastamos-lhe o nome. Some-se em segundos, com uma agilidade de gato. Esconde-se nos espaços esconsos da casa. como fosse um rato. É um bichinho-carpinteiro que só sossega quando dorme. Nem à chamada do nome responde. Às vezes, apenas ri.

14/02/2019

Pum pum pum

meu coração bateu por ti.


12/02/2019

O melhor de tudo

O melhor de tudo é a distância - um quarto de hora em passo de passeio vai sabendo pela vida.

08/02/2019

O silêncio tomou conta da casa

o silêncio tomou conta da casa

encontro vazio no lugar das tuas roupas
na outra metade da cama

os chinelos alinhados em cima do tapete
são pequenos buracos onde faltam os teus pés

ficou o teu perfume agarrado ao quarto
e à minha pele

a vida continua lá fora, ruidosa
cá dentro o meu coração bate no compasso da saudade

e eu amo-te

06/02/2019

Exausta.

Mentalmente de rastos. Vales-me tu e a nossa casa - refúgio do Mundo mau.

01/02/2019

Não importa

Não importa quão felizes e realizados nos sintamos, há sempre um dia em que uma área da nossa vida nos obriga a respirar bem fundo e a contar até mil.