01/01/2017

Adeus, 2016. Bem-vindo, 2017


Querido 2016, pedi-te que me deixasses saudades e quase falhaste em cumprir o meu pedido. Começaste como têm começado todos os meus anos anteriores, numa série que conta já a dezena, mal. Começaste incrivelmente mal, com mais uma desilusão misturada na perda de um bem que se julgou ter e afinal era uma ilusão feita nuvem. Depois, orientaste-te lá pelo meio e traçaste linhas no meu futuro, por terras nunca antes caminhadas. Deste-me a conhecer o medo de falhar, a ânsia de conseguir, a paciência da espera e o medo miudinho na palma das mãos. Mas deste-me também o maior bem que tenho na vida, o achado mais bonito que alguma vez fiz, que enche os meus dias e as minhas noites de um sentimento que não tenho como explicar. Acabaste tremendamente bem, superaste até tudo o que tinha imaginado numa situação assim. Deixei-te ir no suspiro de um beijo. Bem-vindo, 2017, entra e traz-me tudo o que me está prometido.

12 comentários:

  1. Tudo de bom neste 2017, Carla!

    ResponderEliminar
  2. Que assim seja :_)

    Feliz ano 2017 Carla
    Abreijo daqui até aí

    ResponderEliminar
  3. Um excelente 2017, Carla!

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  4. Bom ano a todos, meus queridos!
    Que 2017 seja fantástico para vocês! :))

    ResponderEliminar
  5. Este ANO vai ser fantástico sim, mesmo sem saber ler o futuro na palma da mão ou nas folhas de chá... ou até nos astros... sei que sim!

    Beijinhos e aproveita os 365 dias em pleno!
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Basta ler os indício, Afrodite. ;))

      Um bom ano para ti!

      Eliminar
  6. Que tudo o que te está prometido se concretize! ;)

    ResponderEliminar