08/04/2016

Abandono

O estrondo com que nos batem a porta na cara há-de ecoar-nos nos ouvidos por incontáveis dias.

5 comentários:

  1. Não sei se "ghosting" não será pior...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade, foi o estrondo do silêncio pesado que nem uma porta antiga que me acertou em cheio. :)

      Eliminar
    2. Ah... o estrondo do silêncio, lá está... muito mau!

      Eliminar
  2. Estrondos silêncios são mais "dolorosos"... Ecoam silenciosamente por tempo que parece infinito...
    Nada como abrir escancaradas todas as portas, passar, e fechá-las para sempre.
    Beijinhos Carla

    ResponderEliminar
  3. Nada como abri-las de uma vez - talvez a última - olhar bem para o que lá não está e fechá-las em paz...
    beijinho, Carla.

    ResponderEliminar