29/02/2016

O meu mar

Mergulho a vista num mar amarelo de ondas sulcadas e navegadas por casas. A espaços bem longos, submarinos de quatro rodas estremecem a quietude que descansa sobre todas as coisas. Os gatos espreguiçam-se ao sol sereno, os pássaros são pequenos peixes alados que habitam a vastidão da terra seca. É bonito este meu mar. Calmo e seguro como o chão, a perder de vista.

6 comentários:

  1. Um mar alternativo :) afinal havendo imaginação conseguimos visualizar o improvável :) naquilo que nos rodeia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. À medida que o sol cai, o meu mar vai ficando menos amarelo e mais verde. É um mar a adormecer. :)

      Eliminar
  2. Eu também sou daltónico, Csrla. :)

    Nem sempre é mau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É daltonismo? Ora bolas, e eu a pensar que era assim uma coisa a modos que poesia e tal... :)

      Eliminar
  3. E eu vim aqui dizer-te que esta noite sonhei contigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :O
      Sério?
      Posso perguntar se foi sonho em bom?

      Eliminar