22/02/2016

Correspondência íntima XXI

Que tudo corra pelo melhor e que se cumpra a profecia do [...], na estação de Montemor: "O melhor ainda está para vir".


Construíste um oráculo mínimo feito daquela espécie de amor que se guarda pelo passado, vaticinaste o futuro branco e hás-de consegui-lo, nem que seja à força da teimosia do convencimento. O melhor virá -- creio mais pelo medo do que lhe possas fazer que da vontade de vir. Mas virá e esta é uma certeza inquestionável.

6 comentários:

  1. Podes crer que esse cabrão desse tal melhor há de vir, nem que seja arrastado pelas golas, não sem antes levar dois ou três bananos por ter demorado tanto tempo a decidir-se.
    Vais ver o quanto vais ser feliz tu e ele...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esperemos então que o «o melhor» seja alto, forte e espadaúdo, com uma conta bancária que sim senhor e alguma queda para os negócios - dava-me jeito.

      Achas que é pedir muito? :)

      Eliminar
  2. Muito? Nahhh... é mas é pedir aquilo que te é devido há muito. Pode não ser tudo ao mesmo tempo, mas se cumprir 50 por cento dos requisitos já será aceitável ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim seja. O pedido foi anotado e será dado seguimento logo que o artigo esteja disponível ;)

      Eliminar