18/02/2016

Ainda é Inverno

Do lado de fora da janela, o sol brilha uma luz branca que espelha no gelo das pequenas ervas que vão cobrindo os campos. As árvores despidas são o desengano do tempo -- é Inverno. Mede-se o grau do frio pelas voltas dos cachecóis nos pescoços de quem passa, são seres encolhidos dentro dos ombros, como pequenos bichos-de-conta. Do lado de dentro da janela, o candeeiro de pé alto espalha uma luz amarelada de aconchego. O calor da lareira é o desengano do tempo -- é Inverno. Mede-se o frio pelas voltas da manta pelas pernas, o corpo encolhido dentro do casaco, como um pequeno pássaro no ninho. Dentro e fora, apesar das aparências, sabe-se que o vento do Norte há-de varrer tudo e gelar os ossos por muitos dias que hão-de vir. Afinal, ainda é Inverno.

L_Semivan_Wind1_2012

4 comentários:

  1. Muito bom, apesar de ainda ser Inverno. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hoje já parece um bocadinho Primavera. ;)

      Eliminar
  2. Mania que temos de querer quantificar, até o frio, vê lá tu bem!

    ResponderEliminar