06/01/2016

O divórcio da concentração

Bateu o pé indignada. Referiu aos gritos e dedo em riste que isto já dura há demasiado tempo e que é tempo de me decidir: Ou ela...
Foi-se embora, bateu a porta com fúria e é bem provável que não volte tão depressa.


4 comentários:

  1. Aqui também está difícil.

    Beijos, Carla. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma chatice, Maria. :)

      Outro para ti

      Eliminar
  2. Por aqui também não anda famoso. Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estará então explicada a razão de termos blogues? :)

      Eliminar