14/12/2015

Nem este blogue o é

A ideia da exposição da intimidade é enganadora, porque as pessoas presumem sempre que sabem coisas que não sabem, fazem inferências baseadas em nada. Julgo que a intimidade diz respeito aos temas da poesia, todos os temas grandes da poesia são de certa forma íntimos – o amor e a morte são assuntos bastante íntimos. Mas um poema não é um diário

Pedro Mexia, em entrevista no Jornal I



(lido no blogue da Rita Nashe; realce meu)

2 comentários:

  1. E muitas vezes quem lê, pensa que fica a conhecer quem o escreve, o que não é verdade. Já senti isso em relação aos meus.

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou tudo o que se escreve é realidade pura e dura e reflexo do estado de espirito actual. Daí a pensarem que andamos confusos vai um passo de bebé.

      Beijo, distopico18

      Eliminar