27/11/2015

Não sei que se passa comigo

Mas nos últimos dias tem-me dado para ouvir música francesa. Não uma qualquer, daquela mesmo de cortar os pulsos. Na verdade, já fiz as pazes com este meu gosto particular por músicas com letras miseráveis e deixei de parte as análises de divã, querendo ver nisto mais do que é: pancada.

Portanto, caríssimos que me lêem, não há muito mais a dizer. Siga Jacques Brel, para arrancar lágrimas às pedras da calçada (que eu devo estar a ovular).


Ne me quitte pas - Jacques Brel

5 comentários:

  1. vá miúda, toma lá uma chanson mais alegre:
    https://youtu.be/zuxMhzKeozo
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tanta alegria até me deixou tonta!
      ;)

      Eliminar
  2. Gosto muito de música francesa.

    https://www.youtube.com/watch?v=XdjWMHAdYDU
    :)

    ResponderEliminar
  3. Mas tu és bruxa?
    É que hoje também embati nessa música e na "La vie en rose"... Talvez amanhã salte qualquer coisa. ;)

    ResponderEliminar
  4. Brel é "do outro mundo "!

    Beijos, Carla. :)

    ResponderEliminar