23/09/2015

Obrigação do dia



No meu jardim 
Miguel Torga


No meu jardim aberto ao sol da vida,
Faltavas tu, humana flor da infância
Que não tive...

E o que revive
Agora
À volta da candura
Do teu rosto!

O recuado Agosto
Em que nasci
Parece o recomeço
Doutro destino:

Este, de ser menino

Ao pé de ti...

Sem comentários:

Enviar um comentário