21/07/2015

Página em branco

É traço distintivo de quem vive da escrita o medo da página em branco. A ausência de ideias, a inabilidade de alinhavar as frases, a incerteza da qualidade final. Tudo isto está largamente documentado e testemunhado.

Eu não tenho medo da página em branco por não saber o que escrever. Eu tenho medo da página em branco por temer escrever demais.

6 comentários:

  1. És uma sortuda, Carla!
    E nós, também... por te lermos;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tu não digas essas coisas, Isabel, que as pessoas ainda te lêem e acreditam! (((:

      Eliminar
  2. não tenho medo da página em branco, por vezes está mais cheia do que com as minhas palavras ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não diminuas as tuas palavras, josé luís!

      Eliminar
  3. Para quem vive da escrita, compreende-se
    Mas acontece também a outros, descobrir a razão é capaz de ser interessante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem escreve num blogue, por vezes catadupa, não viverá da escrita? :)

      Eliminar