28/03/2015

Inauguras-me o mundo

Inauguração do Mundo - Governo


Ai a saudade feita de ti, um fogo posto, um fogo meu
todos os nomes que ouço e cada som chamam por ti
eu sou quem ama tudo em volta, se tudo em volta és tu

sem fim, o meu desejo e de mais ninguém, será sempre assim
um céu solar, uma combustão desmedida, o que a saudade quer

nesta cidade há milhões de ti, milhões de rostos, como o teu
a vida passa feliz e a vida passa feliz

sem fim, o meu desejo e de mais ninguém, será sempre assim
um céu solar, uma combustão desmedida, o que a saudade quer

tu inauguras o mundo solar, mil milhões de biliões de obsessões por ti
tu inauguras o mundo, nascem as luzes no verso do meu peito
um incêndio é agora a noite inteira

Sem comentários:

Enviar um comentário