02/11/2014

As putas

liquorandhighheels:

A big fishnet fan.


as putas não vão a jantares,
não se passeiam no braço dado
não posam para as fotografias
não se lhes sabe o nome

as putas procuram-se na calada do tempo
pelos intervalos das sombras
isto é, quando ninguém está a ver
digo, enquanto ninguém finge que não vê

as putas são o consolo da alma aflita
o alívio do corpo ardente
de pernas abertas e regaço disposto
para os momentos confessionais

da casa das putas sai-se pela calada
e volta-se ao aparato dos jantares
de família e dos bailes da aldeia
até ao dia em que o corpo urgir

porque as putas, meus senhores,
são só putas, não vão a jantares
não se passeiam no braço dado
não posam para as fotografias

as putas não têm nome

3 comentários:

  1. Muito, muito bom...quem escreveu uma coisa tão bonita e triste ao mesmo tempo?

    ResponderEliminar
  2. Fui eu. (: Creio que em apenas cinco minutos.

    ResponderEliminar
  3. Há putas em muitas casas...
    adorei as tuas palavras :)

    ResponderEliminar