28/10/2014

Prurido ocasional

Sem motivo aparente, lembrei-me de ti e contei pelos dedos os meses que passaram desde que nos abandonaste. São já tantos.




Este céu passará

Ruy Belo

Este céu passará e então
teu riso descerá dos montes pelos rios
até desaguar no nosso coração


foto: minha, céu da Figueira

1 comentário: