29/08/2014

Goodbye, so long, I'm moving on

Apaguei a conta no Facebook. Foi aos pouquinhos. Comecei por apagar a página do Cais; depois foram os álbuns das fotografias com os poemas e as notas que ainda resistiam no arquivo; a seguir as páginas de que gostava; continuei pelas pessoas que seguia; logo depois todas as fotografias e imagens menos a da capa e do perfil; continuei, eliminando todos os amigos à excepção de um; apaguei todas as mensagens da caixa; decidi-me a apagar as imagens da capa e perfil; desamiguei o último amigo; fui às definições de segurança e cliquei em «desactiva a tua conta»; expliquei-me pela última vez, confirmei a decisão e fechei o perfil com a chave.

O Facebook, como um amante incrédulo, espera que volte em breve. Eu espero não ter motivos para regressar.


Goodbye to all my yesterdays

6 comentários:

  1. "Foi aos pouquinhos".
    Acho que se tomasse essa decisão o faria de uma vez só. :)

    ResponderEliminar
  2. Eu continuo por lá. Coisas...

    Beijinhos Marianos, Carla! :)

    ResponderEliminar
  3. Sabes, luisa, foi como ir desabotoando uma camisa apertada ou desatando um espartilho. A cada apagadela, uma libertação. No fim, um indiscutível alívio. :)

    ResponderEliminar
  4. Maria Eu, talvez um dia volte, com outro formato, definitivamente uma outra postura. Por agora respiro o doce vento da liberdade.

    Um beijinho para ti

    ResponderEliminar
  5. É por isso que não tenho nem nunca tive.

    ResponderEliminar
  6. este post chegou no momento certo. ando no mesmo processo: desligar do que não interessa e reforçar os laços com o que me faz bem. não é fácil, mas parece-me que a forma como o fizeste pode bem ser uma óptima sugestão. aos pouquinhos. só o uso para mensagens pessoais e para curtos minutos de actualização com páginas que sigo. vamos a ver quanto tempo levará a percorrer o caminho. obrigada pela inspiração :)

    ResponderEliminar