14/03/2014

Queremos a Seleção De Bigode No Mundial


É o nome de uma página no Facebook, como não podia deixar de ser, para a qual acabaram de me convidar. Podemos ler que a intenção da página é «De forma a identificar a nossa seleção com as raízes, pretendemos que este ano os jogadores levem um tradicional bigode para o mundial. Seria algo bonito.»



Ora bem, seria bonito para quem? Para os jogadores? Adeptos? Fotógrafos? Mulheres que não sejam propriamente adeptas a não ser do sexo masculino?

E em que é que o bigode confirma a nossa portugalidade (o que quer que isto seja)?

E os jogadores que não tiveram a sorte de serem bafejados por uma barba de fazer concorrência ao Barbas ou ao Adamastor fazem o quê? Implantes? Como os hipsters?

Nesse caso, não estaremos a estragar a vida a um movimento underground que se quer afirmar por usar um adereço facial que já não lembra a ninguém?

Já agora, bigode, mas que bigode? Um daqueles farfalhudos à labrego (perdoem-me os meus leitores que tenham um) ou um bigodinho à francês? Nesse caso, onde é que enfiamos a portugalidade?

Estou petrificada com tanta dúvida. Pelo sim, pelo não, é melhor levarem um bigodinho moda Alemanha Anos 30, até porque é para lá que vai o recibo da festança -- a factura pagamos nós.

2 comentários:

  1. E, já agora, que não levemos um grande bigode no que à bola diz respeito...

    ResponderEliminar
  2. Não contentes que, ainda hoje, haja anedotas sobre as mulheres portuguesas de bigode (!!!!), ainda querem pôr a selecção abigodada!! Já agora, baptizem os jogadores todos de Manel e Zé!!

    Beijinhos Marianos, Carla! :)

    ResponderEliminar