07/03/2014

Diálogos improváveis

-- Ambrósio!
-- Sim, senhora.
-- Apetecia-me tomar algo...
-- Quer que lhe traga um Ferrero Rocher?
-- Não, Ambrósio, o que eu queria era algo melhor!
-- Melhor?
-- Sim, o que eu queria era abrir uma excepção.

6 comentários:

  1. Uiiii...e que excepção...
    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se soubesses de que excepção se trata, dobravas os «uiiii». (;

      Eliminar
  2. É um dos grandes males deste país, as excepções.
    Por muito mal que estejamos, quando se tivesse que tomar uma medida, ela deveria ser igual para todos, ou seja, sem excepções.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Águia Vitória, não seja assim, esta excepção é tão boa, das que faz tão bem a alma - e ao corpo. (:

      Veja por outro lado, sendo que as medidas tendem a prejudicar os mesmos, que de vez em quando surjam umas excepções que nos aliviem.

      Eliminar
  3. Pois eu também queria uma excepção! Ora bolas que de Ferrero Rocher já estou farta! ;)

    Beijinhos Marianos, Carla! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, sim, até porque vem aí o verão e eles deixam de ser produzidos. ((:

      beijinhos, Maria!

      Eliminar