20/01/2014

A inconsciência sobre a passagem do tempo é uma bênção

A inconsciência sobre a passagem do tempo é uma bênção, uma espécie de trégua da memória, uma ignorância sobre o pretérito, que favorece um presente mais luminoso, mais leve. Bastou, porém, que na banalidade de uma conversa se perguntasse que dia era hoje... Foi com a força de uma torrente que todos os pormenores deste dia se apresentaram nítidos, terrivelmente concretos, absurdamente presentes, para me lembrar que as tréguas não duram para sempre e a memória é um adversário cruel.


No meio da cidade onde fervilhava vida, os portões de ferro abriam-se para um largo caminho de calçada, ladeado à direita por bancos, árvores e casas abandonadas – habitadas por memórias de gente –, à esquerda por frias capelas, detestáveis capelas que arrefeciam os ossos de todos os que lá entravam. Em frente a uma, difusas manchas negras agrupavam-se, suportando nas pernas o peso dos ombros, alguns aceitavam a oferta dos bancos de cimento e abandonavam-se à espera. 

6 comentários:

  1. A memória é assim para o bem e para o mal. Importante mesmo é arrumar as lembranças, com tempo e de forma serena para quando surgirem não transtornarem como se fosse o presente. Fácil, óbvio que não.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade. (: Resta abandonarmo-nos nos braços desse ente misterioso a que chamam Tempo. De alguma forma, vai tudo ao sítio e o que sobrará será uma espécie de moinha, uma cicatriz que aprendemos a amar.

      Eliminar
  2. não é de propósito (isto sobre o que disseste no meu blog).

    sorry

    ResponderEliminar
  3. gostava que vivesses um dia a minha vida. com as pessoas que tenho à volta. e depois já vias se a mudança de espaço não podia ajudar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai rapaz, quanto ingenuidade, e que sabes tu da vida dos outros? Há tanta coisa que podia escrever e não faço, há tanta coisa que escrevo e não dão por ela.

      Eliminar
    2. sei o suficiente para não mandar muitos bitaites. mas ok, isto é parvo e injusto. vamos parar com isto.

      Eliminar