19/12/2013

Correspondência íntima - XV

Talvez até vivamos mais na ilusão - o passado é uma fabricação da memória e o futuro uma fabricação da vontade. Já o presente acontece demasiado depressa para se conseguir situar.

2 comentários:

  1. Entretanto o Natal vai começar

    de novo
    Bj

    ResponderEliminar
  2. As coisas simples custam muito a sê-lo...

    Boa consoada e feliz 2014!

    ResponderEliminar