29/09/2013

O palavreado dos boletins de voto

deve ter sido pensado para confundir as pessoas, principalmente se forem mais velhas ou com um nível educacional mais baixo, para não falar das outras. Grita-me a minha avó do lado de lá da lata onde foi votar «qual é que é para a Junta, que eu não o encontro?». Pois, foi preciso olhar bem para os três, para perceber. Não podiam simplificar e chamar às coisas nomes que as pessoas entendam?