26/07/2013

As mulheres são doidas e muito dadas às inutilidades

As pessoas gostam de se perder em discussões inúteis, as que comparam tipos de mulheres conseguem bater a inutilidade de todas as discussões. Como se nascer, digo nascer, com cabelos loiros, castanhos, negros ou ruivos, fosse uma escolha pessoal; como se os centímetros que crescemos fossem determinados pela vontade.

Entre tudo o que se pode comparar, o peso é a única característica que ainda podemos controlar, as outras são heranças. Claro, há heranças mais leves e outras mais pesadas, mas isso já são outros dois euros e meio.

Estou pelas pontas dos cabelos com a converseta mulheres altas vs mulheres baixas. Pois se a mulher se quer pequena como a sardinha, eu sou mais carapau de ir ao forno e não peço desculpa por isso.

4 comentários:

  1. Nem tens que... A discussão é bizantina, não é o tamanho que faz a qualidade das pessoas, conheço estafermos físicos e humanos do XS ao XXL.

    ResponderEliminar
  2. Esse é aquele tipo de assunto que se "debate" quando não há mais nada para dizer :P

    ResponderEliminar
  3. Qualquer discussão sobre o corpo dos outros é de baixo nivel por si só,
    têm sempre uma critica disfarçada implicita, o ser melhor que X porque se é mais alto, baixo, gordo ou magro, etc.
    É carta branca para mostrar uma pateta superioridade (aceite por todos), quando o que se revela é exactamente o oposto.

    ps: E mesmo o peso só se pode controlar em determinadas situações, conheço pessoas geneticamente magras e outras geneticamente gordas.

    ResponderEliminar
  4. E,ja agora,quem veio primeiro?
    O ovo ou a galinha
    Lol

    um bom carapau do nosso mar
    :-)

    Beijos com prazer
    Bruno

    ResponderEliminar