22/02/2013

O pouco que se dá, o muito que se recebe

Nunca precisei de muito para ser feliz - parece frase feita, mas acreditem que é verdade -, ontem tive mais um exemplo de um gesto inesperado que me encheu a alma.

Há uns meses que estou a fazer voluntariado na Universidade Sénior do meu concelho, dando aulas de Inglês. Na verdade, as nossas aulas são terapia de grupo, com muitos risos e partilhas, e às vezes Inglês. São um grupo pequeno de pessoas bem-formadas, muito cultas e atenciosas, onde se fala da língua em causa, mas também de latim e francês e política nacional e local e poesia e netos e filhos, vamos fazer uma camisolinha, as histórias abafadas das instituições conhecidas.

Ontem era dia de mais uma aula. Quando cheguei à sala, lá estavam eles, com uma toalha numa mesa, um bolo, uma garrafa de champanhe, pratos, garfos, copos e uma prendinha, para mim. O que mais me comoveu foi o cuidado com que escolheram a prenda. sabendo que não partilho as convicções religiosas deles, quiseram dar-me algo significativo, mas que não me ofendesse. Ó professorinha, veja lá, olhe que a gente troca! Não trocam nada,  é linda! 

Este foi o primeiro bolo do dia. Ainda lhe seguiriam mais dois. Este ano houve fartura de bolo e beijinhos. Sou uma rapariga feliz. (:





Houve mais coisas que me deixaram feliz, mas isso já seria contar-vos demais. (;

9 comentários:

  1. Não pretendo dar-te nenhum conselho mas olha que o meu concelho também é bom, e eu sempre podia melhorar o inglês, o francês... só não prometo bolo.
    :)

    ResponderEliminar
  2. Se há quem lute pela melhor distribuição da riqueza, porque não há quem lute pela melhor distribuição dos bolos?

    Não gosto de bolos. Mas bebo o champanhe, se não houver mais nada :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gostas de bolos... tu não gostas de bo... MAS QUEM É QUE NÂO GOSTA DE BOLOS??? Creminho e creminho e mais creminho e a lembrança deles nas ancas, para o resto da vida...

      Ficas com meia garrafa, o resto é pra mim. Pode ser? :D

      Eliminar
  3. Uma estória de encher a alma. Já quanto ao colar...bem... :)

    ResponderEliminar
  4. parabéns... atrasados...ou não....
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi no dia 21, ainda veio muito a tempo. (:
      Obrigada.

      Eliminar
  5. Nós queremos é saber o que mais te deixou feliz.

    ResponderEliminar