18/02/2013

O lado selvagem


Ontem, porque a noite ainda ia pequenina e o programa da televisão não me agradava, escolhi este filme para ver. Meio ao acaso, meio porque gostei do cartaz, meio pelo título. Só agora que olho para a ficha no IMDb é que vejo que o realizador foi o Sean Penn... sim, eu sei, sou um bocado distraída e desligada destas coisas. À parte disso, o filme é lindíssimo, a história muito bem contada, e o fim... bem, o fim é o fim, não vo-lo vou contar.

Tenho pensado muito nas motivações da personagem - conduzir propicia-me o estado reflexivo -, no propósito da viagem que escolheu fazer. O que é que aproveitou, contas feitas? Talvez a recompensa maior tivessem sido as vidas que foi mudando ao longo do caminho.

Para mim, foi pouco. O fim foi demasiado para quem ainda só estava no início.


6 comentários:

  1. Um dos "meus" filmes. Por tudo.
    Um beijinho Rapariga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheguei ao fim com os olhos rasos de lágrimas e a tremer o queixo. Principalmente quando descobri que não era só história.

      Beijinho, Helena.

      Eliminar
  2. um dos meus muitos imensos defeitos é só gostar do que não consigo esquecer

    este é um deles


    e sim o melhor do sean penn não é o ter visto a madonna por dentro
    vê o filminho dele no filmão dedicado ao 11 de setembro, por exemplo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai ele viu a Madonna por dentro?

      Vou ver. Agora fiquei com curiosidade de ver mais trabalhos dele como realizador, vou procurar nos inúmeros filmes que tenho e que ainda não vi o que posso arranjar.

      Eliminar
  3. não sei se gostas, mas a banda sonora também é muito boa!

    http://youtu.be/Mwx3RvDWvDM

    as letras são lindas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Realmente foi uma falta minha não ter ido ver a banda sonora, por um lado, porque adoro bso, por outro, porque a deste filme é mesmo muito bonita.

      Obrigada pela lembrança e pela partilha. (:

      Eliminar