09/02/2013

Coelho verde das mil faces cómicas

Tanto de meu estado me acho incerta...
Enquanto vou e não volto, é isto que me apetece ouvir, com o volume no máximo, só porque pensar é um esforço inglório.


Mentre tutto scorre - Negramaro

Mentre tutto scorre - Negramaro

parla in fretta e non pensar
fala rápido e não penses*
se quel che dici può far male
se o que dizes pode fazer mal
perché mai io dovrei fingere
porque nunca eu deveria fingir
di essere fragile come tu mi vuoi
ser frágil como tu me queres
nasconderti in silenzi
esconder-te em silêncios
mille volte già concessi
mil vezes já concedidos
tanto poi tu lo sai riuscirei
até porque tu sabes que conseguiria
sempre a convincermi
sempre convencer-me
che tutto scorre
que tudo passa

usami, straziami
usa-me, tortura-me
strappami l'anima
rasga-me a alma
fai di me quel che vuoi
faz de mim o que quiseres
tanto non cambia
não muda em nada
l'idea che ormai ho di te
a ideia que tenho de ti
verde coniglio dalle mille facce buffe
coelho verde das mil faces cómicas

e dimmi ancora quanto pesa la tua maschera di cera
e diz-me agora quanto pesa a tua máscara de cera
tanto poi tu lo sai si scioglierà
até porque sabes que derreterá
come fosse neve al sol
como a neve ao sol
mentre tutto scorre
enquanto tudo passa

sparami addosso, bersaglio mancato
dispara sobre mim, alvo falhado
provaci ancora è un campo minato
tenta outra vez, é  um campo minado
quello che resta del nostro passato
o que resta do nosso passado
non rinnegarlo, è tempo sprecato
não o ignores, é tempo perdido
macchie indelebili,  coprirle è reato
manchas indeléveis, cobri-las é um crime
scagli la pietra chi è senza peccato
atire a pedra quem nunca pecou
scagliala tu perché ho tutto sbagliato
atira-a tu porque tenho tudo errado


*tradução minha

5 comentários:

  1. Fizeste-me ficar entupida.
    Há coisas que se escrevem / transcrevem que nos atingem como punhais.
    Bem hajas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Descobri-o por acaso por causa do filme Cemento Armato, cujo tema principal do filme também era assim, de atingir com toda a força. Só por causa destas duas músicas e mais uma ou outra, já valeu a pena. (:

      Eliminar
  2. pariga, dá um descanso ao camões, à alice a aos cogumelos
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Só não dou descanso aos coelhos porque... bem, porque não dá. ((:

      Eliminar