24/01/2013

Pensa em flores e passarinhos

Na minha caminhada de volta ao optimismo (não está fácil, mas para alguma coisa há de servir ser teimosa que nem uma mula, nas palavras da mãezinha), inspiro-me aqui, no espaço da Valentina, cheio de cor e alegria. Fiquei fã da delicadeza do desenho, das cores e dos temas (pelo menos de alguns) - é impossível resistir aos mochos, ou não fosse eu de Letras. 
Hoje o sol dá mostras de querer sair da vergonha em que tem vivido, Éolo foi à vida dele e a chuva cansou-se. As árvores e as telhas podem ficar postas em sossego mais uns tempos. E eu vou estar com a minha mocidade, só pode ser bom.

12 comentários:

  1. Uma árvore arrancada, um muro de tijolo forrado a pedra partido, parte da vedação em rede e chapa zincada arrancada... se eu mandar a continha para esse Éolo achas que ele paga?
    :)

    P.S.: Sabias que temos uma coisa em comum? Não, não me refiro a desenhos nem as cores. Exactamente! É isso!!! A teimosia...
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caramba! Manda-lhe a conta e exige indemnização com juros.

      Às vezes é bom ser teimoso, outras nem por isso. :)

      Eliminar
  2. o optimismo forçado não te parece oco e parolo? por alguma razão a tristeza parece-me sempre mais autêntica. até a forçada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é optimismo forçado, é apenas uma mudança de perspectiva. A tristeza pode ser mais autêntica mais vezes, mas também consegue desfocar. Passei um ano mergulhada nela, obriguei-me a mim mesma a só lá voltar quando tiver mesmo de ser.

      Eliminar
    2. eu sei, já lá estive, de lá saí e de vez em quando passo por lá. prometi não voltar a descer tanto, mas as promessas são como os corações: acabam por se quebrar.

      também consegui isso que falas. afinal falamos do mesmo, com palavras diferentes

      Eliminar
    3. Estar a tentar ser mais optimista não implica esquecer o que nos deixa triste. No dia 20 deste mês fez um ano que vi enterrarem uma pessoa que me era muito, mas mesmo muito, querida. Tinha até um post deprimente para esse dia. A falta de luz impediu que assim fosse e ainda bem. Não publiquei nada, o que não impediu que me tivesse sentido profundamente triste, como tenho estado todos os dias desde o início do ano passado.
      Parece-te bem para medidor de tristeza?

      Eliminar
    4. também não sou assim tão mau como pareço.

      é o clássico falar sem conhecimento de causa, e agora estou envergonhado por isso

      Eliminar
    5. Espero ao menos que cores. Não hei de ser a única a corar de vergonha. :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. Quem, eu?
      Ah, que disparate, o mocho! Pois, claro o mocho! :D

      Eliminar
  4. O espaço da Valentina desperta mesmo boas emoções :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá-me vontade de lhe roubar a maioria das imagens. :p

      Eliminar