11/01/2013

Oscilações

A imagem tem o poder de enganar muito, a palavra tem o poder de mentir muito.
Pedro Paixão, Quase gosto da vida que tenho 
Rage_by_Caliban13 @ dA

20 comentários:

  1. O coração não se vê, mas é mais traiçoeiro que qualquer outra coisa.
    Daí ser preferível por vezes ser um grande fdp sem coração, que o entregar a quem tem um ainda mais traiçoeiro que o nosso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos os fdp têm coração, preferem é viver de aparências. Aparentam não o ter, aparentam não se importar. Mas sabes que todos passamos pela meia-noite e aí é que dói.

      Eliminar
  2. Gosto de fluir pela sombra e provar de Tudo... reveste, fortifica!

    Beijo Rapariga Nada Simples!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vais-me obrigar a mudar o nome do blogue. :))

      Eliminar
  3. A imagem tem o poder de mentir muito, a palavra tem o poder de enganar muito.



    A imagem tem o poder de ferir, a palavra tem o poder de matar.



    A palavra tem o poder de subverter, a imagem de excitar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E o que dizer dos silêncios...

      Eliminar
    2. É o espaço a preencher.







      Não se diz. Já experimentaste dizer silêncio?
      Não é fácil.

      Eliminar
    3. Já viste que silêncio começa com uma sibilante e a sílaba inicial pode facilmente tornar-se em shiu. Que é outra forma de dizer silêncio, pelo menos de o exigir.

      Eliminar
    4. Podes exigir que uma pessoa se cale, mas não que fique em silêncio.

      Silêncio é outra coisa.

      Eliminar
    5. Pode a pessoa calada não ficar em silêncio? Pode. É com ela, desde que não perturbe o meu.

      Eliminar
  4. Pode-se dizer tanta coisa com a boca fechada. Uma discussão, um diz para o outro Cala-te!
    O outro cala-se mas basta olhar para se ver os gritos. O corpo fala mais que a boca. E quando a boca diz uma coisa e o corpo, que é mais honesto, diz o contrário?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Falam de formas diferentes. Qual a mais eficaz, não sei. Eu gosto de pessoas que conversam comigo em silêncio, porque às vezes as palavras não dizem nada de jeito. Não quer dizer que goste que discutam comigo em silêncio, embora prefira. O corpo a discutir é mais humano do que as palavras, essas têm vida própria e licença para matar.

      Quando a boca e o corpo não estão em sintonia... não te sei dizer, no meu caso ganhou sempre a boca e o que se disse em modo racional.

      Eliminar
    2. Quando o racional diz à boca para dizer A
      E o irracional faz o corpo dizer B

      C?

      Eliminar
    3. A pergunta seguinte é, com essa combinação de grupos sanguíneos, podem ter filhos?
      :)

      Eliminar
    4. Não. Não há dinheiro para os ter.

      Eliminar
    5. Olha tive agora uma ideia magnifica, assim tipo do género antecipar os subsídios para não se notar que se vai receber muito menos já em Janeiro.

      A segurança social comprava bonecas prós portugueses, assim tipo tamagochi. Poupavam no abono de família, e a malta sempre podia fazer de conta que é possível ter uma vida dita normal.

      Eliminar
    6. Incrível, Luís!! (o jeito que a vírgula ali dá)

      Também podiam dar jogos Sims, assim o pessoal ainda se convencia que tinha dinheiro para sair à noite, jeito para a sedução, terreno para construir uma casa e destreza para fazer uma catrefada de filhos, sem perder o emprego. Também ajuda saber os truques, para contornar o sistema. Do jogo, pois claro.

      Eliminar
  5. R:. Tirei 16, não é má a nota mas gostava de ter tido a possibilidade de melhorar, visto a minha média andar no 17 e nunca se perde nada em tentar (descer não se descia). Mas pronto, podia ser pior, podia ter tirado lá sei um 13 e aí é que partia aquilo tudo :S
    Beijinhos
    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah... os belos sapos que engolimos durante a faculdade... uma vez engoli um cachalote, depois disso nem dou conta das coisas menores. Às vezes. ;)

      Eliminar