28/12/2012

O meu Facebook reza assim

Eu sei que quem me lê passa horas incontáveis a imaginar aquilo que eu escrevo no FB e já remexeu o dito à procura da página do blogue, só para poder ter uns momentos de descanso. Mas não acha, porque não existe e o meu canto lá é só para alguns (que diminuem a olhos vistos). Por isso, e como sou uma alma generosa, deixo-vos espreitar as fabulosas frases que escrevi este ano que ainda por aqui agoniza.

São elevados cadinhos da melhor literatura contemporânea (e daí...).


Só mais uma coisinha, a despeito do assumido, voltei mesmo a mudar a disposição da sala. :D

12 comentários:

  1. Que as mudanças prenunciem outro tipo de mudanças... Na vida e para melhor!

    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já só quero que o ano que vem seja um tanto ou nada menos sofrido. Se tiver dose dupla, sou capaz de ficar catatónica de vez.

      um abraço apertado

      Eliminar
  2. Fico sabedor que o teu facebook reza e que é s importa perigo de berbequim na mão. Acho que essa imagem me vai seguir. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu facebook gosta de seguir as orientações da dona.
      Ai vai? Melhor nem dizer que acabo de vir de minha casa e que estive mais de uma hora com uma marreta na mão! Vá lá, não foi nenhum saca rolhas ou afins... (agora é que vais ter pesadelos). Como vingança, estou cheia cortes na mão.

      Eliminar
    2. o meu telegaitas que até foi carote faz e escreve o que lhe apetece

      estou preocupado com as paredes e não com as garrafas

      Eliminar
    3. O teu telemóvel é um insubmisso. Devias atirá-lo a uma parede, só para ele saber quem manda!

      Eu estou mais preocupada com as mãos. :)

      Eliminar
    4. :D :D :D

      às vezes as coisas são tão óbvias, eu que tento convencer as pessoas com argumentos e lógica
      já sei porque é que raramente funciona, não as estou a atirar contra a parede!

      tu não paras de destruir e reconstruir a casa, e queres ficar com mãos de bailarina? assumindo que as bailarinas têm mãos intocadas

      Eliminar
    5. Atirar pessoas à parede pode dar prisão. É uma actividade a ser praticada com moderação.

      As minhas já foram delicadas, agora estão a tornar-se perigosamente parecidas com as das mulheres da aldeia que pegam nos tachos a ferver e não se queimam.

      Eliminar
  3. Ía a escrever que o teu FB é mais um espaço de 'star quality' quando leio que as mesmas mãos sensíveis e frágeis que teclam algumas das melhores frases que já li são as mesmas que rebentam com uma casa à marretada!!!!
    Vou passar a ter mais cuidado com o que escrevo...não ser ser 'amarretado'! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes, Shadows, isto são os sinais dos tempos, por dois motivos: as mulheres de hoje vivem mais anos sozinhas, coisa que não acontecia há uns anos atrás; e os homens sabem cada vez menos de trabalhos manuais. Vai daí, alguém tem de fazer o trabalho sujo e duro. Faço-o eu, que ando há ano e meio a restaurar a minha casa e já fiz de tudo um pouco, na maioria sujar. lol

      'Star quality'? OMD! Agora até fiquei o.O. Nada disso, há muita parvoíce por lá, só não apareceu. ;)

      Eliminar
  4. Saber distinguir um berbequim de um secador pode fazer toda a diferença...
    Desejo-te um Bom Ano Escolar e já agora, muitos furos.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pode, é sempre bom saber em que secção se está quando se quer comprar ou um ou outro. ;)

      Obrigada, Rui, destruição haverá com fartura. :)

      Eliminar