07/10/2012

Criativa 2012



A Criativa chegou ao fim, foram três dias (para mim, apenas um e meio) de muita atividade cultural.
Já sentia falta de toda esta agitação, viver longe da capital pode ser mesmo uma grande chatice, salvam-se estas iniciativas. Parabéns ao vereador da cultura da Figueira e a toda a equipa da organização, à Comissão de Honra e aos criativos.

De tudo o que aconteceu, posso realçar a conversa com Nuno Camarneiro, é sempre um gosto ouvi-lo; as exposições no Museu e no CAE - aconselho a exposição Sérgio Godinho e as 40 ilustrações -, o vídeo alheava_filme, de Manuel Santos Mais, uma visão muito pessoal e humana da guerra em Moçambique; e as palestras "A indústria artística, o trabalho inventivo e o valor das artes". No fim, quatro minutos de tempo para o filme de animação stop motion, Tito em Sarilho, de Ana Batata e Bruno Lucas.

Ah, definitivamente vou-me inteirar do trabalho do Afonso Cruz.

Muito ficou por ver, ouvir, apreciar. Não deu para tudo. Espero em ânsias pelo ano que vem.

Sem comentários:

Enviar um comentário