01/10/2012

Correspondência Íntima - IV

O mês de setembro é como se fosse janeiro para mim, comecei um novo ano. I'm back to basics. Querer ser como toda a gente e agir como toda a gente não me fez mais feliz, só me trouxe deceções e sofrimento, pelo menos, como eu era, era feliz. Quero muito voltar a esse estado de inocência e crença, a essa felicidade. Acredito que vá no bom caminho, tenho-me sentido muito feliz nestes dias. Em resolvendo um último assunto pendente que tenho, fico tranquila.


Nada de paz podre. Odeio guerras frias.

18 comentários:

  1. A última (mundial) guerra fria, foi desastrosa. Fico contente que estejas a voltar a ser feliz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As reproduções dessa guerra em círculos mais limitados continua a estragar muita coisa e eu odeio-a como não consigo odiar coisa nenhuma.

      Eu estou, devagarinho, mas estou. :)

      Eliminar
  2. E de repente, lembro-me das tuas palavras: "Parece tão simples. Na verdade até é." Que tudo aquilo que te faz feliz se concretize é o que te desejo. Beijo*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Helena, é bom encontrar pessoas que nos desejam coisas boas. :)

      Eliminar
  3. Revejo-me nas tuas palavras. Até na parte do assunto pendente!

    Que o melhor do ano passado seja o pior deste que começa. :p

    \o/

    ResponderEliminar
  4. "mais feliz" :D

    Já ganhei o dia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes dobro, mas não quebro já com a mesma facilidade. :)

      Eliminar
    2. Prefiro dobrar-me, a ser feita de pedra.

      Tem dias...

      Eliminar
  5. Prefiro o Outubro... já não restam pedaços de verão por aí a atrapalhar ;)
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parece até que outubro é um mês muito produtivo intelectualmente. :)

      Eliminar
    2. Fala por ti :P

      ;)

      Eliminar
    3. Falo pelo mundo inteiro e arrabaldes que eu gosto mesmo é de exógerar! :D

      Eliminar
  6. Outubro vai ser melhor vai-te trazer as certezas ;) *

    ResponderEliminar
  7. Devemos agir de acordo com o que sentimos. Se não somos iguais aos outros, não temos que agir como eles, porque isso vai contra a nossa personalidade. Se em tempos foste feliz, então espero que consigas voltar ao que eras nesses tempos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem é só de sentimos que falo, é também de comportamentos. A pressão para fazer igual aos outros pode levar-nos a mudar o rumo que nos queríamos dar, depois percebemos que estamos longe de nós mesmos e que é tempo de voltar e deixar os outros a falar sozinhos. :)

      Eliminar
  8. Outubro melhora sempre tudo e só traz coisas boas ;)

    ResponderEliminar