09/05/2012

Arte no feminino - Liliana Lourenço

Não vos sei explicar muito bem o impacto que o trabalho desta ilustradora tem em mim, mas de há uns meses para cá que ando fascinada com ele.
Não sei se é das figuras que parecem fotografias, se é por me identificar com as rosetas vermelhas que são a sua imagem de marca, se da delicadeza e inocência com que ilustra, se da poesia que acompanha cada trabalho.
Enquanto descubro e não descubro, vou-me deleitando no Vai mas volta... e onde a puder encontrar.


E é assim que todos os dias esqueço, o que todos os dias não mereço. 
(Tu falas.. e a olhar para ti eu adormeço). **

2 comentários: