31/05/2012

Aos meus leitores*

A todos vocês que me seguem despudoradamente, deixando o vosso ícone na secção dos Seguidores (mais não seja para que eu também vos siga);

a todos os que seguem por email (que eu sei que os há);

a todos os que seguem em anónimo (façamos de conta que existem);

a todos os que pesquisam o nome do blogue em motores de busca (tantos ou então são sempre os mesmos);

a todos os que me leem no Google Reader (está reposta a verdade ;);

a todos os que vêm desesperadamente à procura das imagens da Ruth Marlene;

a todos os que andam à procura de nada e esbarram no espaço;


a todos eu deixo um incentivo: comentem, digam coisas, não tenham vergonha, não sejam tímidos. Não entrem mudos e saiam calados. Opinem como se não houvesse amanhã (vernáculo, não, porque eu não gosto), manifestem-se.

Eu sei que isto às vezes mais parece uma folha de uma revista de literatura de3ª categoria, mas não se deixem impressionar com isso. Aquilo é tudo copiado do dicionário.




* notável como eu me dou ares de importante, ao ponto de considerar que tenho leitores. A presunção parece que é como a água benta.

27 comentários:

  1. para ilusão imediata de ter leitores
    virar à direita e entrar no facebook


    lá ninguém lê na mesma, mas dá para pensar que sim

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai é que se engana. Tenho para mim que muitos aparentam não ler, mas leem.
      Sei isso porque no meio de conversas banais surgem comentários, insinuações, reações às barbaridades que lá escrevi.
      Isto anda pr'aqui muito cusco! (obviamente este texto é provocatório)

      Eliminar
  2. "uma folha de uma revista de literatura de3ª categoria"???? Ora essa... Eu não aprecio coisas de 3ª categoria ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sou simples, que queres? E muito humilde... podia ofender os meus caríssimos co-bloggers se me tivesse em demasiada conta. cof cof cof
      ;)

      Eliminar
    2. "Simples" não é antónimo de inteligência, eloquência e categoria. Os floreados escondem a falta de carácter e de personalidade, na vida como na escrita. Continua assim pff, e não tenhas medo de reconhecer a tua qualidade. O excesso de valorização pessoal pode ser visto como arrogância, mas as doses certas de honestidade são muito elegantes.

      Eliminar
    3. Acredita, os escritores escrevem para terem leitores como tu!

      Não é que me inclua na categoria, mas percebeste a ideia. :)
      Eu sei que não escrevo mal de todo e faço-o inspirada em "Autopsicografia", se os assuntos são muito meus e vêm de inspirações repentinas, também há trabalho formal, porque eu conheço um bocadinho da mecânica da escrita.

      Estou a descobrir-me. Acho que é mesmo isto. A perder o meu, a fazer deste espaço muito mais meu do que era até ao início do ano.

      Eliminar
    4. Perseguiste um alinhamento libertador nos teus conteúdos e descobriste-te. Que libertador! :) É para isto que devem ser criados blogs.

      Eliminar
  3. fiquem deslumbrada com este blog. do principio ao fim!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Joana, muito bem-vinda. :)
      Sente-te à vontade por aqui.

      Eliminar
  4. é só venho para ver os bonecos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL
      Estás tramado! Nos últimos tempos só tem havido gatafunhos. :P

      Eliminar
  5. Não comento blogues de gente que escreve melhor que eu.
    Adeus.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Humpf!
      Vai para casa da tua mãe! Vai para casa da tua mãe!

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Tu és daquelas que vão receber uma caixa de chocolates no Natal, que riqueza de leitora sempre presente. lol
      ;)

      Eliminar
    2. Ahah, assim você me deixa sem jeito ;)

      Eliminar
    3. E um emblema para a tua capa. Já está escolhido e tudo. ;)

      Eliminar
    4. Ah isso é de valor, no entretanto faz-se aí uma jantarada à minha conta (não se colem)!

      Eliminar
    5. Eu não quero saber dos outros, eu já estou coladinha. ;)

      Eliminar
  7. Gosto muito das tuas "palavras" transparecem na realidade "Uma Rapariga Simples", mas muitíssimo interessante e apesar de não ter o costume de fazer comentários sempre leio o que escreves. Aqui deixo o meu contributo para aumentar a tua presunção!!! ehehe
    Nunca deixes de escrever...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A minha presunção atingiu níveis nunca vistos. ;)

      Eliminar
  8. Eu cá vou dando o meu opinanço de quando em vez, mas ler, leio-te sempre! :) mas eu compreendo que aprecies ter feedback :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aprecio, sim, embora entenda que quem me lê nem sempre tenha alguma coisa para dizer.

      O que eu não queria era que se sentissem, de alguma forma, intimidados ou levassem este espaço demasiado a sério, ao ponto de acharem que não têm nada para dizer. :)

      Eliminar
  9. Eu só vim por causa das fotos da Ruth.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como é que não vi este comentário?

      Pronto, está bem, é legítimo. :)

      Eliminar
  10. Já não em que blog vi referência ao teu blog. Vim, gostei e passei a seguir-te.

    ResponderEliminar