30/04/2012

Fiz planos


Fiz planos para o futuro,
Um futuro que precisa de companhia.
O meu futuro precisa de ti.

Olha só os meus planos!
Uma casa de chocolate na floresta,
Uma cama na erva fofa
E as pequenas fadas que nos tampam à noite.
Parece-te bem?
Dá-me a mão, anda!
O meu futuro precisa de ti
E eu fiz planos, muitos planos.

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Ficaram no papel. Pô-los em prática sozinha não tem a mesma graça. :)

      Eliminar
  2. Perhaps, não devêssemos fazer planos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não pode ser. Os planos é que nos motivam, mesmo quando ficam pelo caminho, mesmo que não os cumprir nos custe pequenos horrores. Eles deixam-nos felizes e fazem-nos acreditar.
      Depois há o resto e esse resto é que costuma baralhar as contas todas.

      Eliminar
    2. Talvez, depende!
      Não sei se concordo completamente, não que não os faça... Faço, gostava de viver fora do país, gostava de ser Enfermeira Veterinária licenciada, etc... e por isso faço planos para tentar chegar a esses objectivos.
      Mas há situações que, para mim, se deve dar mais valor ao presente, podemos fazer planos para o dia a seguir mas não a longo prazo.

      Eliminar
    3. Há planos que são feitos num presente concreto, com vista a um futuro próximo. Às vezes os planos são apenas formas de tornar o agora mais intenso. O futuro é uma medida de tempo demasiado vaga e pode tão só diluir-se no passado. Foi o que aconteceu.

      Eliminar
  3. A vida sem planos é nula, os objectivos de vida são a matéria do poder que nos foi oferecido quando nos foram atribuidas faculdades motoras e psicológicas. Não fomos feitos para parar no tempo. E quando encontrares quem te embale os planos curte e rabisca uns novos ;)

    ResponderEliminar