31/01/2011

Camminare in punta di piedi

 [apago a luz, ponho o som no máximo e ouço em constante repeat]





Ma la tensione che sento verso il tuo respiro
mi distoglie dal pensiero
di tutto ciò che abbiamo perso
e credo a volte di volere riparare
di poter ricostruire
tutto nuovo e un po’ diverso

Apesar


 e nunca lamentarei.

24/01/2011

Dê-se atenção a quem tem realmente talento.

Retirado de Expresso
Leonor Veiga

Já se viu várias pessoas ganharem fama e uma carreira depois de passarem por este género de programas, como foi o caso de Susan Boyle no Britain's Got Talent.
Mas Kseniya Simonova acabou por revelar-se de forma surpreendente, se tivermos em conta o tipo de talento utilizado no programa Ukraine's Got Talent. É que o que levou a ucraniana à vitória foi a arte que consegue criar através do manuseamento de... areia.
Com apenas uma mesa iluminada, música de fundo e areia, esta artista conta a história da invasão da Alemanha durante a II Guerra Mundial, utilizando os dedos para desenvolver a animação.

Vitória no programa e na Internet


Esta exibição exibida ao vivo na final do Ukraine's Got Talent e, depois, disponibilizada na Internet, emocionou não só o júri como o público em geral.
A prová-lo está o facto de ainda hoje as pessoas continuarem a visitar e comentar o vídeo colocado no YouTube, tornando-o um dos maiores sucessos neste canal, com mais de 17 milhões de visualizações.
Ora veja: 

22/01/2011

Et in Italia ego

19/01/2011

Porque estou finalmente em paz


Hoje, logo pela manhã, calcei as sapatilhas, vesti um casaco quente e, na companhia do meu irmão mais novo (quis a combinação genética que fosse o mais 'pequeno', sendo o mais alto), fui caminhar, seguindo o caminho que atravessa terrenos e pinhais.

Soube bem aquela ausência de confusão, aquele silêncio, aquele cheiro a terra molhada e folhas secas.

Dizia-lhe eu estar em paz e tranquila, ser capaz de dormir como há largos meses não conseguia.

- Arrumar o passado é meio caminho andado para estarmos bem!

Os 20 anos dele não lhe permitem ter grande passado doloroso, por isso olhou para mim com aqueles olhos que são tão parecidos com os meus e fez um assentimento de cabeça, como a dizer "se o dizes!".

Quando aqui cheguei e visitei alguns blogues, encontrei, no perfil do Marquês, esta música que me comoveu. É assim mesmo que me sinto, aquela música sou eu. Sem angústias nem revoltas, apenas o sentimento de quem sabe como as coisas são e o que tem de fazer.

i don't want to hold this fear anymore
i want to leave the past behind
i don't want to hold this pain anymore
i want to trust what i begun

15/01/2011

It's a new day

it__s_a_new_day_by_nerdynotdirty





[O primeiro de muitos que lhe seguirão.]

14/01/2011

Nel cuore di una donna battono tanti cuori


[Monica Belluci e José Fidalgo]

13/01/2011

E se

ela dança no sétimo céu?*

Dancing_on_Air__by_Sky_flame




[acredito que seja porque se sente feliz]



* Beatriz - Chico Buarque

12/01/2011

Dos complexos ou da simples parvoíce humana

São 0:42 da manhã de dia 12 de janeiro de 2011 e eu constato, num rasgo de clarividência, que não estou bem.



Depois dos anos de insanidade emocional dos quais só agora me vou desprendendo paulatinamente (grrr), fui acometida pelo complexo da megalomania. Acho eu que é, melhor ver mesmo se é...

Dicionário... Jota... kapa... ele... eme... mag... meg... megalomania!



Megalomania. Do grego mega, grande, e mania, loucura. 1. Mitomania ou loucura de grandeza levando um indivíduo a acreditar-se extremamente rico, imperador ou Deus, [abro o primeiro parêntesis reto, para informar que não chego a tanto] caracterizada pela tendência de superestimar não só o seu valor físico (força, desempenho sexual) [abro um segundo parêntesis também de si reto, para tranquilizar as almas sensíveis que não me vejo qual amazona de seios fartos e pernas vigorosas, capaz de aviar uns quantos machos antes do café+nata] mas suas capacidades intelectuais e sua importância social.



 [Esperem, esperem... deixem voltar lá acima... "superestimar as suas capacidades intelectuais"! Cá está, é mesmo isto. Com esta definição, fica cientificamente provado que sou uma megalómana!!!! Esqueçam o ponto 2, não se verifica na minha pessoa.]



2. Psicanaliticamente, superestimação patológica que alguém faz de sua personalidade e de sua importância num ambiente de orgulho injustificado ou de vaidade sem fundamento. (1)


(1) JAPIASSÚ, Hilton e MARCONDES, Danilo. Dicionário Básico de Filosofia. 5.ed. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.



Megalomania_by_LittleFooFighter



 No dia 31 de agosto de 2010, o meu Ministério pôs-me, assim como a muitos, na prateleira do desemprego, vai daí, o que é que esta alminha pensou?

"Tanta oferta para Português Língua Não Materna! Pois é isto mesmo que vou estudar."

Acabada de sair de uma estonteante pós-graduação, eis que mergulho neste curso que acaba em fins de fevereiro e me tem deixado alucinada.

Como se não bastasse, e porque eu quero mesmo é ir correr mundo, bora lá estudar Espanhol! E dar umas explicações a não-sei-quantas disciplinas de não-sei-quantos níveis! Já agora, porque não dar Português a estrangeiros, num curso relâmpago de 15 dias, sem que faça a mínima ideia do que estou a fazer?

E que tal andar a trabalhar quase de graça? E mais a recensão e o trabalho final, mais as plataformas do e-learning??????????

Não ando bem, juro que não!

Eu já nem sei se quero ser colocada entretanto.

11/01/2011

Adeus.

waiting_at_the_station____by_Nekoi2


Eu deveria ter intuído que aquele dia ia ser o último.


08/01/2011

O melhor amigo do homem...

... a seguir ao cão, sou eu.
Sério, não se riam, eu sou o melhor amigo dos meus amigos. Isso mesmo, amigO dos meus amigOs.

Eles falam comigo como se eu fosse um deles, porque eu falo-lhes da Gina, da FHM, do silicone das raparigas, aconselho-lhes as melhores amigas, entendo que eles sofram de acumulação excessiva de gás (e que precisem, por isso, de o libertar a todo o tempo), entendo o suficiente de moda para os aconselhar mas não ao ponto dos cansar com pormenores, entendo o suficiente da bola para discutirmos a jornada e até lhes dou umas dicas sobre as maquinetas onde damos ar aos pneus.

No fundo, eu sou para eles um gajo sem pila e com as mamas um bocadinho maiores que as deles, se bem que se pensar nos que não estão assim tão em forma, o mais certo é alguns até as terem maiores do que eu.

Para além disto, eu tenho a capacidade de lhes entrar na cabeça e entender que são homens e serão sempre homens e há coisas contra as quais não podemos lutar.

À partida, isto faria de mim a rapariga perfeita!
Mas não faz.
Entendê-los assim leva-me (nos) ao ponto da estranheza.
"Eu acho que és fantástica mas não consigo pensar em tu+eu=nós".
"Miúda, contra mim falo, és demasiado boa para um traste como eu. Juro, precisas de melhor."...

E assim se vão todos desembaraçando do embaraço de terem de me considerar romanticamente.

Outro problema meu é que fico amiga de todos.
É raro o ser do sexo masculino com quem interaja que não me leve a "gostar" do tipinho. Claro que para aqui chegarem já superaram a prova do meu desprezo inicial, mas isso são outros quinhentos.
Ora já se sabe que os amigos não se misturam fisicamente sob pena de destruírem a bela amizade! Yeah, right...

Isto é realmente uma grande chatice, acreditem, minha gente, que é.
E é porque fico sempre a gostar deles, exactamente por ter gostado deles é que gostei deles (ui, confuso!), que não lhes consigo pintar a cara no meu saco de boxe, atar o lenço na testa (alla 80's), pintar a cara (alla Rambo) e desancar o desgraçado, chamando-lhe todos os nomes maus, em todas as línguas que conheço.

"Mas isto não se faz aos amigos!" - dizem vocês.

Pois não faz, pois não faz...

Por os conhecer, entendo-os.
Entendo-os tão bem que até sei por que é que o rapazinho foi embora e, em vez de me ter levado para casa dele e ter feito de mim uma parideira profissional, me deixou sozinha em casa feita carpideira profissional.

Ora isto não se faz!
Está aqui uma rapariga cheia de vontade de ser de um homem só, lavá-lo e passá-lo a ferro, remendar-lhe as meias e as cuecas e criar-lhe a prole e os tipinhos cheios de berliques e berloques, porque somos amigos e tal.

Haja paciência para os aturar.


P.S.: Eu descobri a página de fãs da Revista Gina no Facebook! :D

03/01/2011

Eu sou assim mesmo.

Eu sei que toda a gente agora vai ficar a saber como me chamo, mas esta foi a melhor definição de mim que encontrei.


Significado do nome Carla
Significa fazendeira e indica alguém que, pela aguçada capacidade de observação, consegue descobrir até o lado oculto das outras pessoas. Mas nunca usa esse dom de forma inescrupulosa. Age sempre com polidez e expões suas ideias sem ser autoritária.


Como estou generosa, até ficam a saber quem sou. :P

Euzinha com ar enjoado

02/01/2011

E m 2 0 1 1

Gostaria de vos desejar muitas coisas para este ano que se aproxima em grandes passadas, mas não sei o que cada um deseja, o que cada um precisa, onde cada um quer chegar.






Deixo-vos um caderno em branco e uma caneta, desejo-vos sabedoria para escolherem o melhor para a vossa vida e ânimo para persistirem até aos alvos.
Eu vou escrever no meu sonhos novos, sonhos antigos que andam há anos a serem transferidos de ano para ano, objectivos a manter, tudo o que é importante.
Que daqui a um ano olhemos estas folhas hoje brancas e possamos sorrir por ver as palavras nelas escritas concretizadas.