21/08/2011

The heart dies a slow death.

The heart dies a slow death.
Shedding each hope like leaves, until one day there are none.
No hopes. Nothing remains.

6 comentários:

  1. Eu também acho que a esperança não é a última a morrer...

    ResponderEliminar
  2. Acho que a esperança só morre quando tudo já está irremediavelmente morto.

    ResponderEliminar
  3. Abandon hope all ye who enter here, está escrito à entrada do Inferno na Divina Comédia de Dante.

    E Huxley escreveu que se calhar este mundo é o inferno de outro.

    Se este mundo é um inferno e no inferno se deve abandonar a esperança...

    Isto está mesmo tétrico....

    ResponderEliminar
  4. Certo, mas no Inferno estão os mortos, logo, aqueles que já perderam tudo, até a esperança.

    Embora este mundo possa ser um inferno, ainda não é o Inferno, esse é ainda pior que isto, porque lá não haverá dias felizes, sorrisos, esperança...

    ResponderEliminar
  5. De uma certa maneira, se o inferno existir, é bom, porque quer dizer que existe vida para além da morte.

    Sabes o que Fernando Pessoa escreveu? (hoje estou numa de citações) Escreveu "Deus é bom, mas o Diabo também não é mau".

    Se existir inferno, não é como o pintam. Vai ter dias maus e dias péssimos, mas não serão todos iguais.

    ResponderEliminar
  6. O Inferno existe... chama-se TERRA, e estamos todos condenados a habitar no inferno até que algo melhor surja.

    ResponderEliminar