03/02/2011

Porque sim

25 comentários:

  1. Esta é do meu tempo. Lembro-me na altura de pensar este tipo imita os Pearl Jam.

    ResponderEliminar
  2. E isso do teu tempo, é mais ou menos em que idade?
    É que também é do meu, não foi assim há tanto tempo. :D

    ResponderEliminar
  3. O meu tempo... deixa-me dizer-te que com a minha idade já Jesus Cristo tinha morrido, e eu ainda nem isso consegui!

    ResponderEliminar
  4. Estou no final dos 33. Segundo as minhas contas Jesus morreu a meio dos 33.

    ResponderEliminar
  5. E eu estou quase nos 31 e não tenho vontade nenhuma de morrer!

    Ele há coisas fantásticas, não há?


    Com esse pessimismo todo, estás a candidatar-te a um arraial de porrada! Sorte a tua que não sei onde vives. -.-




    [pronto, confesso, tenho de começar a brincar mais com as meninas, que as minhas brincadeiras nadam muito agressivas. :P]

    ResponderEliminar
  6. Isto não tem a ver com a idade. Sou pessimista desde os 10. Antes era só desapontado.

    ResponderEliminar
  7. Muda de lentes.


    Pelos vistos, as minhas brincadeiras já nadam, dantes só andavam! LOL

    Cruzes, o excesso de cafeína está a dar cabo de mim. o.O

    ResponderEliminar
  8. Mas olha, tens razão, o que preciso mesmo é dum enxerto de porrada. Bater com a cabeça várias vezes na parede já não chega, tem de ser porrada com uma barra de ferro!

    ResponderEliminar
  9. Isso é o que toda a gente me tem vindo a dizer...

    ResponderEliminar
  10. Riu muito facilmente mas também rapidamente entro num abismo. Se calhar sou bi-polar, ou pelo menos urso polar.

    ResponderEliminar
  11. LOL
    Ou então és apenas gajo!
    É tudo uma questão de atitude. Diz-to quem acabou de sair de um abismo que durou anos e agora até já voltou a dizer tolices em público e a pessoas que não conhece de lado nenhum. :P

    ResponderEliminar
  12. A sério? És cá das minhas. Mas eu acho que nunca sairei do abismo completamente.

    ResponderEliminar
  13. Juro e este blogue é a cara disso mesmo.
    Tu é que já chegaste na fase da mudança e não te apercebeste, mas aqui cortavam-se pulsos com a paciência de Jó e esfregavam-se as feridas com sal grosso.

    Sais, sais, basta dizeres um dia "basta". :)

    ResponderEliminar
  14. Daniel: Vou já aí para te dar porrada!!!!!!!!!!!!

    Tenho ajuda?

    ResponderEliminar
  15. Quanta agressividade para uma música que supõe receber de braços abertos alguém. rotfl!

    Diga-se de passagem que ouvi esta música tanta vez no bar onde ia que ainda agora não a posso ouvir. :S

    Se o mesmo se passar convosco está explicada a agressividade! xD

    ResponderEliminar
  16. Kenny:
    Eu gosto mesmo da música, aliás, gosto de músicas assim. :P

    ResponderEliminar
  17. a musica ... nao me faz nada feliz...

    M: quanto ao daniel eu ajudo...

    Daniel: tu precisas e de uma nina que te arrevite a alma...

    ResponderEliminar
  18. Oh Ruizinho, babe, mas tu não sabes chamar mais nada às raparigas a não ser 'ninas'???

    ResponderEliminar
  19. Rapariga simples...

    saber sei... mas nao seria a mesma coisa

    ResponderEliminar
  20. LOL
    Sou obrigada a concordar contigo. ;)

    ResponderEliminar