01/02/2011

Mi spiego

Quem por aqui para e lê o que escrevo já notou por certo um certo (foi de propósito) proliferar de expressões, música e afins de italiano. Prometi explicar porquê e hoje, antes de sair a correr rumo ao sul, elucido todos os que não comem nem dormem há semanas e se encontram presos na maior das reflexões, à custa do meu blogue.

Era uma vez, visto que já foi há muito tempo, por uma série de situações e acasos, diria bastante aleatórios, eu, a pessoa que vos escreve do além, viu-se colocada no já velhinho Línguas e Literaturas Modernas - variante de Estudos Portugueses e Italianos (sim, sim, nome comprido, cansa a escrever e experimentem acrescentar-lhe Ramo de Formação Educacional... o.O). Digo já velhinho por ter sofrido, pelo menos que eu saiba, duas reestruturações, uma ante e outra pós-Bolonha, deve ser qualquer coisa como Língua, Literatura e Cultura, digo eu!

O que começou com um I can't believe this is true! tornou-se o curso da minha vida e a descoberta da minha real vocação, que tinha andado atrofiada pelo bichinho do Jornalismo (coisas da juventude!).
Foram 4 dos melhores anos da minha vida (depois mais 2), permitiu-me estudar em Itália duas vezes e ter experiências que para uma miúda da aldeia eram mais do que magníficas.

Tudo lindo, tudo certo, mas a verdade é que ao fim de 6 anos de Faculdade, não havia muito para fazer com o italiano. Logo se levantaram os velhos do Restelo, "devias ter ido para Espanhol", "tinhas tido logo trabalho".... blá blá blá

Comecei a pensar o mesmo, desisti até de investir muito na língua, para além da manutenção de ouvir música ou ler umas coisas.

Tudo lindo, tudo certo parte II, não se desse o caso de ter sido contactada para dar Italiano A1 a uns miúdos que vão para estágio. Nove anos depois, quando o meu italiano estava já moribundo, quando eu já nem sabia dizer como me chamava.

Vai daí, tem sido um fartote de estudo pelo meu lado, pelo que aproveito todas as oportunidades que tenho para treinar.

Está explicado.

15 comentários:

  1. Oh, parabéns então!
    Boa sorte com esse estudo :P

    Beijinhos *

    ResponderEliminar
  2. para quando umas aulinhas aqui po menino

    ResponderEliminar
  3. Imperator:
    Já estou colocada e instalada. ;)

    ResponderEliminar
  4. Catarina A.:
    Eu não estou a estudar, estou a ensinar.
    O estudo vem do facto de ter passado muito tempo desde que acabei o curso. :)

    ResponderEliminar
  5. Quem me dera poder ler o Italo Calvino na lingua dele...

    Inveja minha:)

    ResponderEliminar
  6. [e porque na minha vida nada acontece em sequência, fui colocada ontem ao fim da tarde]

    Deves estar também quase quase quase a ser encontrada. lol.

    Parabéns pela colocação, tenho uma irmã numa situação semelhante e sei a dificuldade inerente! Muitos parabéns!

    Felicidades! :)

    ResponderEliminar
  7. Uma das minhas línguas favoritas (pela sonoridade, etc) a ponto de ter proposto falá-la em casa. Pormenor: ninguém tem qualquer formação de italiano aqui por aqui...
    Acho que fez uma óptima escolha no curso que tirou, os euros (la pasta??) muitas vezes não são o mais importante na vida.
    A sério!!

    Gostei muito do seu blogue, virei mais vezes :-)

    ResponderEliminar
  8. faz o orçamento...

    tudo é uma questão de preço
    bjs

    ResponderEliminar
  9. M.:
    Temos de combinar umas aulas virtuais. ;)

    ResponderEliminar
  10. Kenny:
    Pois, ainda não foi desta. :(
    Troca de dados e regresso à base...

    ResponderEliminar
  11. Jaime A.:
    Seja bem-vindo ao meu cantinho. :)

    Nos últimos 13 anos, é a segunda ou terceira pessoa que me diz isso. A ideia que muitos têm é que um curso superior é para preparar para uma profissão e garantir um bom ordenado. Seria ingénua não considerar estes factos, mas para mim um curso é para nos formar enquanto pessoas e abrir-nos os olhos para outros mundos.

    Finalmente, o meu está a dar dinheiro (depois de tanto investimento). :)

    ResponderEliminar
  12. Como é que é??! Somos quase vizinhos?!? hummmm... conta-me tudo!

    beijo
    Sutra

    ResponderEliminar
  13. Sutra, dear, por agora já não é. :(

    bacio per te

    ResponderEliminar