29/05/2010

Do we really have to go?

 Promise by `zemotion



I'll sing it one last time for you
Then we really have to go

You've been the only thing that's right
In all I've done


And I can barely look at you
But every single time I do
I know we'll make it anywhere
Away from here

Light up, light up
As if you have a choice
Even if you cannot hear my voice
I'll be right beside you dear

Louder louder
And we'll run for our lives
I can hardly speak I understand
Why you can't raise your voice to say

To think I might not see those eyes
Makes it so hard not to cry
And as we say our long goodbye
I nearly do


Light up...

Slower slower
We don't have time for that
All I want is to find an easier way
To get out of our little heads

Have heart my dear
We're bound to be afraid
Even if it's just for a few days
Making up for all this mess

27/05/2010

Não se ama alguém que não ouve a mesma canção

Distance_by_spook_j

Verso sábio de Rui Veloso, a verdade ignorada que destrói relações. Mais do que frase feita, é a raposinha que se infiltra nas vinhas e provoca estragos incalculáveis.
Quem vive rodeado de música, quem sabe bem do que gosta e do que desgosta, deve ser cuidadoso. Se o objecto de afecto não gosta das músicas amadas quando o amor está em alta, se ele se recusa a ouvir a música que diz nos define e faz todo o sentido, quando a paixão dá a sensação de não haver limites, então NUNCA vai gostar. E isto vai-se pagar caro com o tempo. As cedências totais esvaziam a essência do que somos. 
Quem vive rodeado de música não concebe ter de viver o resto da vida a ouvir o que não gosta.  
O problema é que esta consciência costuma ser tomada tarde de mais.

24/05/2010

I still think about you

 mesmo depois de tanto tempo.
I_still_think_about_you_by_AnkyShpanky


Been thinking about you
And there's no rest
Should I still love you
Still see you in bed
But I'm playing with myself
What do you care?
When I'm not there.

19/05/2010

Todos transportamos uma bagagem

luggage_by_lemonentry


Admito a minha derrota.
Esta mala pesa toneladas e eu não a consigo perder.
Onde quer que a deixe,
onde quer que a esqueça ou force esquecer,
não resulta.
Ela volta, está sempre comigo.
Viaja dentro de mim.



You're on to me, on to me and all over
Something always brings me back to you
It never takes too long
("Gravity" - Sara Bareilles)

13/05/2010

Dear heart, how much longer?


dear_heart__how_much_longer__by_BlueMeadow193


 Something always brings me back to you. It never takes too long.
No matter what I say or do I'll still feel you here 'til the moment I'm gone.

 ("Gravity" - Sara Bareilles)

09/05/2010

Como o SLB gosta

suado e lutado até ao fim!

08/05/2010

Há dias

em que me pergunto por que será assim tão difícil alguém olhar 

para nós e gostar do que somos.

04/05/2010

E ele não pára de chegar...

too_much_work_by_Chitznotalone

02/05/2010

Big girls don't cry...

 ... só ficam um bocadinho tristes, às vezes.
 
Big_girls_don__t_cry_by_Methamphethamine