18/08/2010

Prelúdio de um beijo

kiss_by_keziahkiss


Os ponteiros do relógio movem-se lentamente, quanto tempo desta vez?

Instintivamente sabemos que o momento chegou.
Trocam-se olhares, uma mão na cintura, o hálito quente no pescoço.
Afastar, aproximar, aflorar.

Os ponteiros do relógio continuam a arrastar-se...

O corpo preso contra a parede (da cozinha, da sala, da casa de banho, do quarto, da entrada, ou então um sofá, uma porta, uma janela, qualquer um é apenas amparo), a distância que diminui, uns lábios que sobem o pescoço, as palavras sussurradas, as mãos que apertam com mais força e então...

O beijo.

O beijo que esteve no pensamento por horas e horas, o beijo que nos faz estremecer.

E o teu beijo era fantástico, era doce, sabia a desejo.
E o teu abraço era como se eu finalmente estivesse em casa.

Hoje dei-me conta que sinto terrivelmente falta de ti, do teu beijo e do teu abraço.

8 comentários:

  1. eu gosto de beijos

    gosto de beijar

    sentir o calor dos lábios a aproximarem-se

    mas também gosto de um doce e honesto beijo da face

    fui

    ResponderEliminar
  2. :)
    Todos os beijos são bons e têm espaço.
    Há dias em que se sente mais falta de uns, outros dias em que se sente mais falta de outros...

    ResponderEliminar
  3. sinto sempre falta de beijos

    principalmente dos beijos doces e quentes

    mas se calhar por estar frio e um beijo quente também aquece.

    mas depois chega o Verão e eu continuo a querer os beijos, mas agora frescos leves e solarengos

    ResponderEliminar
  4. Eu sinto falta de alguns beijos.

    Gosto deles apertados, lentos, que me sorvam e tenham vontade.

    Não há nada que desconsole mais do que um beijo só para nos tapar a boca...

    ResponderEliminar
  5. isso de tapar a boca tem muito que se diga

    mas até no desconsolo temos que procurar algum consolo

    beijo é uma das maneiras mais intimas, para além do abraço, de transmitir um carinho, digo eu...

    ResponderEliminar
  6. É um tapar a boca por obrigação.
    Agora quando é por desejo... ai, eu que não paro de falar não me importo de ficar calada. :)

    ResponderEliminar
  7. tapar a boca por obrigação só quando me apetece mandar alguém para alguns sítios menos delicados

    na parte do desejo, como diria o Vasco Santana, "compreendido e entendido"

    Bom domingo

    ResponderEliminar