15/03/2010

... até estarmos mortos de vez.

dead_souls_by_Miss_Deathwish


ciclicidades 
O correr dos nossos dias acrescenta-nos mortos que vão levando pedaços da nossa vida com eles, nos vão deixando menos vivos e mais mortos, até estarmos mortos de vez.

1 comentário:

  1. É assim que te entregas? Tinha coisas para dizer, mas não digo. Sou um ser sem experiência na vida, fa|ta tanto...

    Rapariga SImp|es... Não sei onde foste buscar esta ideia... Simp|es é coisa que não és. Mas deixo-te uma pergunta, seja retórica ou não...

    Será que os "mortos" são sinónimos de dor? Os mortos são para serem |embrados... As |embranças são passado... Tu és o presente e o futuro. Sorri para o passado, vive o teu presente, o|har desafiador para o futuro, fazes tão bem... Porque novos desafios te esperam, para traçares um outro futuro, o TEU futuro, seja como for. O passado? É para ser |embrado, de sentimentos, de emoções, de ti, quando eras outra pessoa. É a mutabi|idade do Homem... :)

    Armei-me em Miúda grande, não |igues, é da hora fiu mas de uma coisa podes ter a certeza: não gosto de te |er assim desta forma, e se estivesse aí à tua beira quando escreveste isto, ponha-me em cima de uma cadeira e dava-te na cabeça. Uma música, para variar. ;)

    http://www.youtube.com/watch?v=L2iQSoN_xao

    Ouve... Atenta à |etra. É o que faço quando não te tenho à mão para receber um abraço. ;)

    Txi amo hug

    ResponderEliminar