30/11/2009

Let it roll

Let_it_roll_by_Oshrit182
É só mais uma voltinha.

27/11/2009

O Fantasma da Ópera


26/11/2009

These razors cutting sharp

I__ll_Keep_Pulling_by_lorelix04



 "You know I'm a little lost
And when it hurts the most
I'll push a little more"



25/11/2009

If I could go back in time

Why Does Love Got To Be So Sad by ~venicequeenf

If I could go back in time,
I would say, once again,
Kiss me, Hold me, Feel me,
Love me...


(Let's be in love - Hands on approach)

23/11/2009

In dicesa


The_fall_Pt2_by_kiscso
 
 
Subiu todos os degraus permitidos.
Lá em cima, forçou e subiu o único degrau proibido.
Depois disso, a irremediável queda.

Vambora



Vambora - Adriana Calcanhoto

Entre por essa porta agora
E diga que me adora
Você tem meia hora
Prá mudar a minha vida
Vem, vambora
Que o que você demora
É o que o tempo leva...

Ainda tem o seu perfume
Pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Dentro da noite veloz...

Ainda tem o seu perfume
Pela casa
Ainda tem você na sala
Porque meu coração dispara?
Quando tem o seu cheiro
Dentro de um livro
Na cinza das horas...


19/11/2009

Castanhas

Hoje comi castanhas.
O mesmo preço.
Não tão boas.
Não tão quentes.
Comi-as todas.
Sozinha.

Ordena que te ame / Ordeno que me odeies


Ordena que te ame - Mundo Cão

Entrei no teu jogo, Como um Louco
Fui ingénuo e tu tão fatal
Joguei-me todo e foi tão pouco
O amor é o teu instinto mais cruel
Enquanto te sigo melhor me faço o teu troféu
Entrei no teu jogo como um louco
Eu sou o teu escravo mais leal

Ordena que te ame
E odeia quando falho
mas usa, abusa de mim
e eu serei feliz até ao fim

Marquei as unhas no corpo,
tornei-me um bicho irreal.
Infectei o lugar onde me punhas,
O amor é este monstro final
Gostas do teu troféu erguido neste inferno.
Marquei o corpo com as unhas,
Pus-me louco tão original

Ordena que te ame,
E odeia quando falho,
mas usa, abusa de mim e eu serei feliz,
até ao fim.

Ordena que te queira,
E odeia quando paro,
Leva-me, arrasta o meu corpo,
Desfeito em pó.

Ordena que te ame,
E odeia quando falho,
mas usa e abusa de mim e eu serei feliz,
até ao fim

Ordeno que me odeies
Olho porque sofras
Do que uso e abuso é sempre assim
Morrerá por mim
Ordeno que me odeies
Amo que tu sofras
Do que uso e abuso é sempre assim
Morrerá por mim

18/11/2009

Ao fim de quinze dias

ela finalmente chorou. 
 
 

I_try_not_to_cry____02_by_SpookyEatMeToast

14/11/2009

5 razões para (não) usar preservativo.

Spot publicitário português é melhor anúncio europeu de prevenção da SIDA

2009-11-12


13/11/2009

Há um adeus no meu olhar

Queria amarrar o meu barco, prendê-lo num cais seguro e ficar ali, abrigar-me ali, poder ser eu ali, completar-me ali.


 
boat.. by ~pace067



Barco abandonado - Dulce PontesCompositor(es): E. Morricone / João Mendonça / J. Medeiros 

Barco abandonado
Na voz do tempo, na margem do rio
Nesta lonjura
Na voz dos temporais
Anoitece um canto sombrio
Nas pedras deste cais

Há um adeus no meu olhar
Este meu barco prisioneiro
Há-de ser viageiro
No meio do mar

Barco abandonado
Na noite escura, na ronda do vento
Neste silêncio
Na voz dos temporais
Um lamento que a dor esqueceu
Nas sombras deste cais

Há um adeus dito a sorrir
Do céu
Meu amor, ao céu que é meu e teu,
Um dia hei-de subir
Se te encontrar

12/11/2009

Mary goes to Jesus

Fechar os olhos.
Ouvir.
Sentir.
Pensar.


09/11/2009

O Ambiente é problema seu (3)

... não finja que não vê.






06/11/2009

Mon Chérie


Galeria de Schlogel